STF determina a não aplicação de penalidades previstas na reforma trabalhista