Decreto 64.512/2019 e a possibilidade de suspensão da sua aplicação na cobrança de taxas pela CETESB